Concurso PF: MJSP pede 2 meses entre edital e provas. Banca até janeiro!


Fala galerinha do Brasil! Se você está estudando para o concurso da Polícia Federal, atenção: a corporação quer aplicar provas o mais rápido possível e está tentando reduzir o prazo legal do governo de quatro para dois meses. Já a banca organizadora será definida até janeiro.

Em ofício protocolado na tarde desta segunda-feira, 14, o secretário executivo do Ministério da Justiça e Segurança Pública,Tercio Issami Tokano, da pasta que rege a Polícia Federal, solicita essa redução ao Ministério da Economia. No documento, ele justifica que o objetivo da corporação é prover as 1.500 vagas ainda em 2021, ou seja, dar início à formação dos policiais. Mas, para isso, se faz necessário cumprir todas as longas etapas do concurso.

Esse também foi um dos motivos apresentados (que o concurso terá diversas etapas) para justificar o porque um prazo de quatro meses entre a publicação do edital e a primeira prova poderia atrasar a previsão de formação dos policiais.

"A primeira etapa é realizada entre a publicação do edital do concurso e o início do Curso de Formação Profissional e é composta por provas objetivas, provas discursivas, exame de aptidão física, avaliação psicológica, avaliação médica, prova de digitação (apenas para o cargo de escrivão), prova oral (apenas para o cargo de delegado), avaliação de títulos (apenas para os cargos de delegado e perito), perícia dos candidatos com deficiência e heteroidenficação dos candidatos negros. O tempo da execução da primeira etapa é de, aproximadamente, cinco meses, considerando os prazos legais obrigatórios. O Curso de Formação Profissional, realizado em Brasília/DF, na Academia Nacional de Polícia, tem o tempo de duração previsto de 10 (dez) semanas, sendo necessária a realização de 02 (dois) cursos de formação para formar 1.500 (mil e quinhentos) novos policiais, em razão da capacidade da citada escola de governo", diz o ofício. Com essa informação, a PF confirma o desejo de realizar duas turmas e que pretende concluir toda a primeira etapa, que é composta por provas e exames, em cinco meses.

Banca do concurso PF até janeiro de 2021, prevê o MJSP Também no ofício, é descrito pela pasta que o processo de escolha da banca já foi iniciado. É citado que a estimativa para a contratação da banca é até janeiro de 2021, o que dá ainda mais celeridade ao processo. Esse prazo vai de encontro ao que disse o presidente da Fenapef à Folha Dirigida, em entrevista, quando mencionou que os preparativos estão avançados e que a banca deverá ser definida no início do próximo ano. Com essa afirmativa, o MJSP se justifica mais uma vez para que o prazo seja reduzido, com base novo cronograma do concurso que foi estipulado - mas não mencionado no ofício. A pasta diz que, pelo tempo necessário para a realização da primeira etapa do concurso público e o tempo de duração do Curso de Formação Profissional, 'o cronograma do concurso público foi estipulado de forma que possa ocorrer o provimento nos 1.500 cargos da Carreira Policial Federal ainda no ano de 2021.' Por isso, pede que:


"Diante do exposto, e com fulcro no inciso IV do artigo 27 da Portaria ME Nº 406, de 8 de dezembro de 2020, do Ministério da Economia, bem como pelas razões apresentadas pela Polícia Federal, solicito autorização para que o prazo mínimo entre a publicação no Diário Oficial da União do edital do concurso público que será realizado pela Polícia Federal e a realização da primeira prova seja reduzido para dois meses."

Formação em 2021 é confirmada pelo diretor-geral da PF A previsão de formar os policiais em 2021 foi confirmada na manhã desta segunda-feira, 14, pelo diretor-geral da Polícia Federal, Rolando Alexandre. Segundo ele, a Polícia Federal projeta 2 mil provimentos até 2022. A informação foi passada durante discurso na cerimônia de encerramento do Curso de Formação Profissional de novos peritos e delegados.

O chefe da PF disse que a chamada de 2 mil vagas será a soma das 1.500 autorizadas com 500 remanescentes, sendo: · primeira turma em 2021 · segunda turma com os remanescentes em 2022 Rolando Alexandre agradeceu ao presidente Jair Bolsonaro, que estava presente, e ao ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça, que foi ausência por ainda se recuperar da Covid-19. "Neste momento a formação dos novos policiais federais não estaria acontecendo sem o seu apoio (Bolsonaro) incondicional em recomposição dos quadros da Polícia Federal - não apenas com essa turma que se forma hoje, mas também com a realização de um novo concurso público de 2 mil vagas: 1.500 já para 2021 e os excedentes para 2022", disse o diretor-geral Rolando Alexandre.

Concurso PF foi autorizado com 1.500 vagas. Veja distribuição! Na última semana finalmente a tão sonhada autorização para a realização do concurso da Polícia Federal foi confirmada. Primeiro, a portaria foi disponibilizada para consulta no Sistema


Eletrônico de Informações (SEI) do Governo Federal na quarta-feira, 9. Dois dias após, na sexta-feira, 11, o documento foi divulgado no Diário Oficial da União para acabar com todas as dúvidas e espera. A portaria se confirmou com 1.500 vagas, tendo a seguinte distribuição: · agente de polícia - 893 vagas · delegado de polícia - 123 vagas · escrivão de polícia - 400 vagas; e · papiloscopista policial federal - 84 vagas.


Requisitos para concorrer no próximo concurso da PF



As carreiras exigem nível superior em qualquer área, com exceção do delegado, que precisa de curso superior na área de Direito. Também será obrigatório para todos os candidatos o requisito da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) na categoria B ou superior.


A remuneração do policial federal em início de carreira é de R$12.441,26. Mas, para o delegado esse valor é ainda mais atrativo, tendo ganhos mensais de R$23.130,48. Para o delegado, haverá ainda a comprovação de três anos de atividade jurídica.



Fonte: Folha Dirigida

Curso Online - Clique Aqui

Grupo do Telegram - Clique e faça parte


#concursopublico #foconoestudo #determinacao #circuitodaaprovacao #dicasdeestudo #concursando #concurseiro #rumoaaprovacao #carreirapolicial

3 visualizações0 comentário