Concurso PM TO: Edital alterado! Veja o que mudou

Fala galerinha do Brasil! Você que aguarda o edital da Polícia Militar do Tocantins, fique atento, pois o certame sofreu alterações nos cargos e vagas.




A informação foi publicada pelo chefe de Comunicação da Instituição. O Governo do Estado e o Comando Geral, decidiram acrescentar vagas para a área de saúde. Agora, as vagas terão a seguinte configuração: 925 vagas para Soldado; 50 vagas Soldado de Músico; 25 vagas para Soldado da área de saúde, sendo 20 para Técnico de Enfermagem e 5 para Técnico em saúde bucal. O Major confirmou ainda que estão sendo feitas adequações finais no edital e em breve o documento será publicado.


Com o anúncio das mil vagas do novo concurso PM TO deverá seguir a seguinte divisão:

· 50 vagas Soldado de Músico (ambos os sexos);

· 25 vagas para Soldado da área de saúde, sendo 20 para Técnico de Enfermagem e 5 para Técnico em saúde bucal) (ambos os sexos);

· 925 vagas para Soldado (10% destinadas às mulheres).


Banca definida

Escolhido via Dispensa de Licitação, o Cebraspe será responsável pela realização das três primeiras etapas do concurso.


Concurso PM TO: carreira de soldado

· Requisitos

· Idade mínima de 18 anos e máxima de 32 anos, na data de inscrição;

· Altura mínima de 1,63m para homens e 1,60m para mulheres;

· CNH no mínimo categoria B;

· Nível médio completo – Soldado.


Atribuições do cargo

· Cumprir os planos, normas e ordens emanadas do escalão superior; demonstrar equilíbrio emocional na atuação como servidor militar;

· Atuar na atividade de policiamento ostensivo, nas suas mais diversas modalidades;

· Dirigir viaturas policiais;

· Executar outros encargos e atividades de interesse da Corporação.

Remuneração

Durante o período de formação, o subsídio do Aluno Soldado, em valores vigentes, é de R$ 2.215,10.


O Aluno-Soldado que obtiver aprovação no Curso de Formação, será promovido ao Cargo de Soldado do QPPM da Polícia Militar do Tocantins, com remuneração prevista de R$ 4.514,67.


Graduação Soldado 2ª Classe

O governo do Tocantins editará uma Medida Provisória (MP) para ‘aperfeiçoar a composição da graduação de Soldado’, criando o Soldado 2ª Classe.


Com a alteração, passará a integrar o círculo de Praças os Soldados de 1ª e 2ª Classes.


A proposta de bipartição (1ª e 2ª Classes) prevê que os atuais ocupantes da graduação de Soldado mantenham-se nas mesmas condições, mas sob a nova denominação de Soldado 1ª Classe.


A medida, segundo o governador Mauro Carlesse, é necessária e improrrogável, tendo em vista a diminuição natural do efetivo e a iminência de novas transferências para a reserva.


A forma menos danosa que encontramos foi diluir estes cincos anos na carreira, para não prejudicar quem já está na Corporação. Assim, dos cinco anos exigidos, três já serão contados na graduação Soldado de 1ª Classe e os outros dois serão divididos no tempo de permanência do militar na ativa”, explica o comandante da PM TO, Jaizon Veras Barbosa.


Concurso PM TO: carreira de Cadete

Requisitos

· Idade mínima de 18 anos e máxima de 32 anos, na data de inscrição;

· Altura mínima de 1,63m para homens e 1,60m para mulheres;

· CNH no minimo categoria B;

· Nível superior em qualquer área – Cadete.


Atribuições do cargo

No Curso de Formação de Oficiais, o Cadete será preparado para o exercício das funções de chefia, comando e execução dos diversos serviços e atividades inerentes à PMTO.

Remuneração

Durante o período de formação, o subsídio do Cadete I, em valores vigentes, é de R$ 4.499,52.


O Cadete que obtiver aprovação no CFO será declarado Aspirante a Oficial, permanecendo nesta graduação por um período mínimo de 6 meses (interstício).


O subsídio do Aspirante a Oficial, em valores vigentes, é de R$ 8.493,50.


Etapas do último concurso da PM TO


O concurso seria composto por cinco etapas, sendo elas:


· Prova Escrita Objetiva de Múltipla Escolha e Dissertativa (eliminatório e classificatório);

· Exame de capacidade física (eliminatório);

· Avaliação psicológica (eliminatório);

· Avaliação médica e odontológica (eliminatório);

· Investigação social (eliminatório);

· Prova Objetiva

A primeira etapa contou com uma prova dissertativa, consistida de uma redação, e uma prova objetiva composta por 60 questões, com 5 alternativas cada.


Seria considerado aprovado na Prova Objetiva o candidato que acertasse no mínimo 50% do total de pontos, devendo ainda obter o mínimo de 1 ponto em cada disciplina.


A Prova Escrita Dissertativa foi realizada juntamente à Prova Objetiva, e teve o valor máximo de 20 pontos. O candidato devia obter, no mínimo, 30% da pontuação máxima possível na redação.


Soldado:

Língua portuguesa – 20 questões (peso 2)

Raciocínio Lógico e Matemático – 5 questões (peso 1)

Atualidades e Conhecimentos Regionais – 10 questões (peso 1)

Noções de Direito – 10 questões (peso 1)

Noções de Informática – 5 questões (peso 1)

Normas Pertinentes à PMTO – 10 questões (peso 1)


Cadete:

Língua portuguesa – 15 questões (peso 2)

Raciocínio Lógico e Matemático – 5 questões (peso 1)

Atualidades e Conhecimentos Regionais – 10 questões (peso 1)

Noções de Direito – 15 questões (peso 1)

Noções de Informática – 5 questões (peso 1)

Normas Pertinentes à PMTO – 10 questões (peso 1)


As provas foram aplicadas nos municípios de Palmas, Araguaína, Gurupi, Arraias e Araguatins.


Curso Online - Clique Aqui

Grupo do Telegram - Clique e faça parte


Então não fique de fora, venha estudar com a melhor equipe de professores e dê mais um passo rumo a sua aprovação!

#dicasdoconcurseiro #concursos #foconosestudos #concursos #vidadeconcurseiro #concursopublico #foconoestudo #determinacao #circuitodaaprovacao

29 visualizações0 comentário