Concurso Bombeiros RJ terá 3 mil vagas temporárias



Concurso Bombeiros RJ: edital com 3 mil vagas é avaliado pela PGE

Um mês após o CBMERJ afirma que o edital do concurso Bombeiros RJ estava em andamento, processo segue sendo avaliado pela PGE. Entenda!



Previsto para fevereiro, o edital do concurso Bombeiros RJ encontrou barreiras no processo de aprovação por parte dos órgãos fiscais. Fontes internas revelam que a previsão de abertura da seleção era para o mês passado, mas a Procuradoria Geral do Estado atrasou esse cronograma.


A equipe do Instituto Rodolfo Souza teve acesso ao andamento de dois processos, que tratam sobre o concurso Bombeiros RJ. Neles, consta a atualização da minuta do edital, no dia 23 de fevereiro.

Desde lá, o documento é avaliado pela Secretaria da Fazenda do Estado e pela PGE, incluindo ainda a Comissão de Acompanhamento do Regime de Recuperação Fiscal.


Nos últimos dias, notas técnicas foram elaboradas por setores do CBMERJ e até pela Secretaria de Planejamento e Gestão do Estado (Seplag RJ). Com isso, o processo caminha para a publicação do edital.


Concurso Bombeiros RJ terá 3 mil vagas temporárias


O concurso Bombeiros RJ contará com 3 mil vagas temporárias, nos cargos de soldado e oficial, sendo este último para o quadro da Saúde.

A banca organizadora será a Fundação de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Assistência ligada à Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (FunRio).


Conforme a proposta técnico-orçamentária da seleção, as vagas de soldado serão para combatente, motorista (combatente com CNH tipo B), guarda-vidas e técnicos de enfermagem e socorrista.


As oportunidades para oficial temporário serão na área da Saúde, nos cargos de: médico (diversas especialidades); enfermeiro, assistente social, nutricionista, psicólogo, fisioterapeuta e fonoaudiólogo.

Ainda segundo a proposta, a escolaridade exigida para o oficial será o nível superior completo, com graduação na área de interesse. No caso dos médicos especialistas, será preciso ter a especialidade correspondente.


Já para as vagas de soldado temporário, o candidato deverá ter o nível médio completo. Nos casos das oportunidades para técnicos de enfermagem, o curso técnico na área será exigido.


Como prevê o Serviço Militar Temporário Voluntário, além da escolaridade, a idade máxima para ocupar o posto de praça temporário será de 25 anos e a de oficial temporário de 35 anos.

Ainda de acordo com a lei, tanto os praças quanto os oficiais temporários terão, no segundo ano de serviço, remuneração similar, mas não superior, a de um bombeiro da classe ou nível e escala hierárquica.


Resumo sobre a seleção


Órgão: Corpo de Bombeiros do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ)

Cargos: soldado e oficial

Vagas: 3 mil temporárias

Requisitos: níveis médio e superior, com idade entre 25 e 35 anos, respectivamente

Remuneração: salário similar a de um bombeiro a partir do segundo ano

Banca: FunRio

Edital: previsto para 2021


Provas serão realizadas em todo o estado


O Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro espera receber até 100 mil inscritos para o processo seletivo de temporários

Ao todo, estão previstas duas etapas de seleção. A prova objetiva será a primeira delas e contará com 50 questões para soldados e 60 para oficiais temporários. O exame deverá ocorrer 60 dias após a divulgação do edital.


As disciplinas também irão variar conforme a carreira e especialidade escolhidas pelo candidato. Nesse caso, a avaliação terá a seguinte distribuição:


Médico socorrista

15 questões de Língua Portuguesa; e

45 de Conhecimentos de Medicina e Medicina de Emergência.


Médico (demais especialidades)

15 questões de Língua Portuguesa;

20 de Conhecimentos de Medicina e Medicina de Emergência; e

25 questões específicas da área da Medicina correspondente.


Enfermeiro, assistente social, nutricionista, psicólogo, fisioterapeuta e fonoaudiólogo


15 questões de Língua Portuguesa; e

45 específicas da área correspondente.


Soldado combatente e motorista

15 questões de Língua Portuguesa;

15 questões de Matemática; e

20 questões de Raciocínio Lógico.


Soldado técnico de enfermagem e socorrista

15 questões de Língua Portuguesa;

dez questões de Matemática; e

25 questões de Conhecimentos Específicos.


Soldado guarda-vidas

15 questões de Língua Portuguesa;

15 questões de Matemática; e

20 questões de Raciocínio Lógico.


Os aprovados realizarão o Teste de Aptidão Física (TAF). A aplicação das etapas deverá ser realizada em todo o Estado do Rio de Janeiro, de forma regionalizada.


11 visualizações0 comentário